Postagem em destaque

E o tempo levou...

                 O portão de ferro, castanho-avermelhado, ainda lá está, mas faz tempo que ninguém o atravessa, pois as silvas e ervas dan...

domingo, 29 de junho de 2014

Reflexões



         Na impossibilidade de fugir da morte, vivamos intensamente cada sopro de vida. Assim, quando chegar o instante derradeiro, suspiremos e partamos, com a sensação (ou ideia) de que nada deixamos para trás, apenas paramos de respirar.

***
A pedra de Sísifo


         "A culpa é tua!", "a culpa não é minha!", frases fatídicas que nos obrigam a empurrar, montanha acima, a pedra destinada à eterna descida.

Esse, o Inferno diário em que queimamos a vida. Basta de carregar a pedra de Sísifo!
(29 de junho de 2014)

quarta-feira, 18 de junho de 2014

PRATA DA CASA ED.16 - PROF CELESTE DUARTE


        Este vídeo foi produzido pela UnG (Universidade Guarulhos) onde trabalho há 28 anos, e onde espero continuar por mais alguns! Resolvi compartilhar para que as pessoas possam saber um pouco mais sobre as minhas atividades profissionais e pessoais e para que se sintam à vontade para visitar O Blog "Como Árvores Antigas" e dialogar, comentar os textos que dele farão parte.